Decsis/HP

Investimento de 6 milhões de euros

Decsis/HP

​“O facto de Évora e o Alentejo ter espaço que sobra  para construção de grandes infra estruturas facilitou  a nossa instalação. Depois, o facto de Évora dispor de um anel de fibra ótica com caraterísticas ótimas para as comunicações. E do ponto de vista da energia é alimentada por 3 ramais distintos. Tem excelentes acessos, uma rede viária muito boa quer para as outras cidades a norte, quer para Espanha. Tem a Universidade e os institutos politécnicos à volta que são um ótimo meio para  o recrutamento. E por outro lado, Évora tem condições invejáveis  do ponto de vista do clima, o que faz com  que tenhamos uma eficiência energética invejável. Este projeto surge da génese de 2 parcerias, a parceria da HP com a Universidade de Évora e a parceria com a DECSIS. E depois um 3º parceiro que para nós é incontornável, e que são as entidades locais, nomeadamente a ADRAL. O nossa experiência aqui, com as entidades locais serve para apelar a toda a gente que se quer instalar, que venha porque não vai encontrar os problemas que se encontram noutras regiões. As pessoas estão interessadas, as instituições otimizadas e desburocratizadas, é importante que  se diga. Para além do data center, implementado e gerido pela DECSIS, está aqui a ser criado um centro de competências com vários níveis operacionais para suportar toda a tecnologia alojada no data center e noutros Clientes. Estamos a falar de administradores de sistemas operativos, de base de dados ou de softwares empresariais como o Sap ou o Oracle. Estamos a falar da operação e monitorização de todos esses ambientes, garantindo que nada falhe. Garantimos também um atendimento aos utilizadores finais através de help desk e  temos capacidade de resposta para quaisquer  clientes que precisem dos nossos serviços, que podem ser dados de uma forma remota para o mundo global. O desenvolvimento do Parque de Ciência e Tecnologia, de que a DECSIS é acionista,  e a sua real implementação em Évora vai também contribuir para a fixação de mão de obra, vai ser possível oferecer aos jovens postos de trabalho qualificados. A conetividade e o jeito para as línguas dos portugueses coloca-nos numa situação privilegiada, a que podemos associar o custo salarial que é mais baixo do que no resto da Europa. A nossa intenção é poder colocar Portugal como um prestador de serviços para as outras HP  ou para outros clientes que estejam no mundo inteiro. Até porque  temos a vantagem de estarmos dentro  da Europa, no espaço Schengen. Um dos fatores chave para o investimento é o espaço.  O Alentejo tem espaço, contrariamente às cinturas industriais das grandes cidades. Não falta espaço, tem gente interessada na captação do investimento e as empresas não gostam de estar onde são hostilizadas.  Gostam de estar onde são queridas e estimadas. Há uma grande recetividade.”

Manuel Silva - Presidente do Conselho de Administração da Decis

Manuel Correia - Diretor Geral HP Portugal

Rua Circular Norte do Parque Industrial e Tecnológico de Évora, lote 2, 7005-841 Evora

Informações Adicionais