Chiratecnics

Spin-out da Universidade de Évora

Anthony Burke - Diretor Geral

​“A CHIRATECNICS nasceu há alguns anos a partir de uma invenção do laboratório do departamento de investigação de química da Universidade de Évora. Um processo muito eficiente para produzir um catalisador formou o núcleo da CHIRATECNICS. O objetivo da CHIRATECNICS é produzir e oferecer métodos químicos mais baratos, mais sofisticados, mais sustentáveis e amigos do ambiente para produzir fármacos novos  ou para melhorar o processo de fármacos mais velhos. Vamos começar os novos projetos na área das moléculas biologicamente ativas. Tivemos sempre apoio, interação, simbiose com a universidade. Deu espaço. Há transferência de tecnologia. A universidade tem competências complementares com a nossa área de química na biologia, nos materiais, na bioquímica. Hoje estamos instalados no polo industrial da universidade. Não temos problemas ao nível dos recursos humanos.  Há muita mão-de-obra disponível e a maioria daqui porque os alunos têm muito interesse e gostam muito desta área. O Alentejo é um bom sítio para instalar uma empresa.  É um sítio de muito sossego, calmo, com um bom clima. Temos muita coisa a mexer. Vai ser criado um parque de ciência para todo o território. Há fundos comunitários. Há pessoas boas, pessoas com vontade. Uma das razões porque estou cá é por causa do clima. Deve haver outros estrangeiros que gostem de investir cá, de vir para cá criar empresas e viver. Se conseguirmos dar as condições certas, o Alentejo pode ser outro tipo de Sillicon Valley.”

Anthony Burke - Diretor Geral

Rua Dom Augusto Eduardo Nunes, n.º 7, 7000-651 Évora

Informações Adicionais